Follow by Email

quinta-feira, 12 de julho de 2012

PREVISÃO

Florescerão estrelas
no campo farto das ilusões.
O planeta será neo-colonizado
e a linguagem dos extras vai virar moda.
Novas Evas não dividirão o sabor
nem a gravidade da maçã
e o paraíso será outra vez proibido.

A dúvida será sempre pertinente
e qualquer palavra terá todo
e nenhum poder,
porque dependerá dos sentidos.
Por isso o espetáculo das entrelinhas,
que aliás, já iniciou,
é imperdível.
(Partido, 1997)

domingo, 8 de abril de 2012

um poema inédito:

SEXTA-FEIRA SANTA

Da arte vem aquele
que expõe a julgamento
a sua alma.
Não há maior chance de
insolação
nem maior de hipotermia.
Isso acontece, de vez em quando,
com os filhos de Deus, das marias.
Aconteceu com Jesus,
no percurso para a morte,
quando, já soldado, na cruz,
disse a si mesmo,
em voz alta:
"se
não amardes
a quem não vos ama,
que recompensa tereis?"

terça-feira, 20 de março de 2012

EXTRATO

De acúmulos o fim de cada dia se sabe
mas jamais a que ponto chegaram
seus limites de ir e vir a ser.
Saberia qual sol
deixou menos e mais vestígios
no dorso das casas, das cascas?
Creio que não.
Reparo que a varanda da tarde
não coincide com a que se posicionou
para receber o primeiro calor.
Ao avaliar as promissórias
que o tempo tem jogado debaixo da porta
temo pelo arrefecimento dos desejos
que já não se importam
com o melhor canto
para se ter a lua
sem preço à vista.

(Sete dias, 2007)