Follow by Email

domingo, 13 de junho de 2010

FASES

gosto de você

sem saber por quê.



Não é o jeito

com que influencias

o rigor dos meus hábitos.



São os dias

propícios à semeadura

em que me sinto cheia

mesmo minguando

ou quase vazia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário