Follow by Email

quinta-feira, 24 de março de 2011

confissão

A ligação que eu estabelecia
entre os meus dedos e a tua pele
não era de atrito, geração de energia.
Era delito, crime à revelia
era pra matar
quase perfeitamente
a saudade.

Um comentário: