Follow by Email

sábado, 20 de agosto de 2011

O QUE CONTA

Um e dois
talvez noite e estrela
ou água e vinho.

Um e dois
quando é beijo,
junção ou desalinho.

Um e dois
quixotescamente falando
ou o vento ou o moinho.

Um e dois
talvez só um
ou matematicamente dois
ou ainda
quando um está para o outro
é possível que algum
seja nenhum.

(Meios, 2001)

Nenhum comentário:

Postar um comentário