Follow by Email

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Preferência

Não leio certidões
já faz um tempo.
Não entro em cartório
raramente em igrejas
(assisto desatenta a casamentos).
Não me encanto com
melodias e enredos
típicos desses tempos
em que as boas histórias
jazem nas estantes
ou vivem sob risco
nalguma memória.

Não freqüento salas de conversa
e a tevê quase sempre apresenta
um repertório que aborrece
meu desejo de invenção.

O que eu gosto mesmo
é da letra escrita
no pé do ouvido
meio sem vergonha
sem testemunhas
e flashes fotográficos.
Eu gosto mesmo é
daquelas coisas que fazem
qualquer filhodedeus se sentir
nas nuvens tocando o céu
mandando e desmandando
chuva
na terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário