Follow by Email

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

DRAMA II

Não há mais espaço
para a fome das multidões.
(O infinito está em fim de carreira).
Cercadas de ilusões,
alimentam-se do revoltante cotidiano
e vomitam miséria nas praças
onde frágeis flores se desesperam
pela ausência de jardins.

(Partido, 1997)

Nenhum comentário:

Postar um comentário