Follow by Email

domingo, 19 de setembro de 2010

44

Ontem amanheci com 44 anos
e dois homens me desejando
todo o amor do mundo.
Um deles foi mais longe:
-Mamãe, mas eu desejo
que você viva o infinito
e que você não morre nunca.

(entre outras coisas, depois,
confirmei minha numerologia:
4 no nome
4 na data de nascimento
8 é a soma: infinito).

2 comentários:

  1. Lendo um sem fim de blogs me deparei com este aqui. Gostei muito mesmo dos poemas, sobretudo deste no qual comento. Se me permite, manterei o link do blog. Se quiser visitar o Deserto, ele está de páginas abertas, constantemente mexidas e modificadas pelo vento.
    :)

    ResponderExcluir
  2. obrigada, Alan, visitarei o deserto sim.
    grande abço

    ResponderExcluir